top of page

Resultados da busca

386 itens encontrados para ""

  • Prefeitura de Jaguariúna rescindirá contrato com empresa sob investigação do Gaeco e MP

    A Prefeitura de Jaguariúna anunciou que rescindirá o contrato com a empresa Mova Empreendimentos, atualmente sob investigação do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Ministério Público (MP). A administração municipal informou que um novo processo licitatório já está em andamento para contratar outra empresa para assumir os serviços de limpeza em escolas da cidade. Decisão e Contexto A decisão ocorre em meio a um escândalo envolvendo Wagner Borges Dias, empresário e cantor conhecido como Latrell Brito, acusado de comandar um esquema criminoso de fraudes em licitações. Dias está foragido há 35 dias e é suspeito de utilizar empresas de fachada para obter contratos milionários com prefeituras e câmaras municipais, muitas vezes favorecendo empresas ligadas ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Investigações e Implicações De acordo com o MP, a empresa Wagner Borges Dias ME, pertencente a Latrell Brito, teve um aumento substancial em seus ativos no período em que conseguiu diversos contratos, direta ou indiretamente. Entre as empresas associadas estão a Mova Empreendimentos e Java Comercial e Serviços Eireli, registradas em nome de funcionários de Dias e também alvos de mandados de prisão. Apesar das investigações, a Prefeitura de Jaguariúna não está sendo alvo de nenhuma acusação. No entanto, funcionários demitidos pela Mova Empreendimentos ainda não receberam suas verbas rescisórias. Os funcionários ativos têm seus salários pagos pela prefeitura, o que gera incerteza e insatisfação entre os trabalhadores. Posicionamento da Prefeitura e Ação na Câmara A prefeitura afirmou ao Bastidores da Notícia que a rescisão do contrato com a Mova será efetivada e que um novo processo licitatório já está em andamento. Na sessão de ontem na Câmara de Vereadores, o vereador Morrinho (Podemos), criticou a demora na rescisão do contrato e questionou a falta de uma licitação emergencial para contratar uma nova empresa. "É um absurdo que a administração municipal não tenha rescindido, de imediato, esse contrato já na divulgação pela mídia nacional das investigações, isso no dia 17 de abril. Essa empresa há muito tempo vem descumprindo cláusulas contratuais e nunca foi punida por isso. Sempre as penalizadas foram as funcionárias, que sofreram com atrasos em salários e estão com o FGTS sem recolhimento desde janeiro/2024, mês que foi depositado já com atraso. Me informei na terça-feira junto aos departamentos e também consultei o site da prefeitura e não há, até o momento, qualquer pedido de dispensa de licitação para contratação emergencial de nova empresa. Até mim não chegou qualquer informação sobre medidas de punição para a empresa, mas sabemos que a empresa teve o contrato aditado em janeiro desse ano e recebeu um reajuste no contrato de mais de 11%! Hoje me preocupo muito com as funcionárias, desde abril elas estão recebendo o salário e o vale alimentação diretamente dos cofres públicos, porém não vejo qualquer suporte jurídico por parte da prefeitura perante as funcionárias sobre a garantia de seus direitos trabalhistas. Vou ficar de olho para que a corda não estoure do lado mais fraco, como já ocorreu por aqui, que é o lado das trabalhadoras", afirmou o vereador Morrinho. A vereadora Ana Paula Espina (Podemos), também questionou . Além de sua fala durante a sessão, ela protocolou um requerimento questionando a Prefeitura sobre o motivo pelo qual, diante das investigações onde o proprietário da Mova se encontra foragido e com todos os bens bloqueados, a Prefeitura ainda não rescindiu o contrato de prestação de serviço. Na justificativa, a vereadora disse que é imensurável o prejuízo que será causado aos colaboradores caso não seja realizada a rescisão imediata, devendo o município ser responsável pelas rescisões contratuais e pagamentos da empresa. A prefeitura explicou que, no mês passado, iniciou um processo de penalidade de rescisão contratual contra a Mova Empreendimentos. Entretanto, até a conclusão deste processo, a Mova permanece responsável pelos serviços. Esquema Criminoso e Fraudes em Licitações O MP acusa Wagner Borges Dias de usar empresas vinculadas ao PCC para obter contratos fraudulentos com prefeituras e câmaras municipais. Os promotores afirmam que essas empresas receberam cerca de R$ 500 milhões em contratos ao longo de oito anos, muitos dos quais superfaturados. As investigações revelaram que, além de Jaguariúna, ao menos 17 municípios podem ter sido vítimas do esquema. Em alguns casos, políticos e funcionários públicos foram cúmplices, direcionando licitações para favorecer as empresas de Dias. A justiça já autorizou o bloqueio de R$ 118 milhões em bens das empresas envolvidas. Impacto e Medidas Futuras Com a rescisão do contrato e a nova licitação em andamento, a Prefeitura de Jaguariúna busca garantir a continuidade dos serviços de limpeza nas escolas sem interrupções. No entanto, a situação dos ex-funcionários da Mova Empreendimentos permanece incerta, com muitos ainda aguardando o pagamento de seus direitos trabalhistas.

  • Carro capota e cai na linha do trem em Jaguariúna 

    Uma mulher de 43 anos capotou um veículo modelo CrossFox após perder o controle da direção em Jaguariúna. O carro rompeu a grade de proteção da ponte e caiu em um barranco. O acidente ocorreu na madrugada desta segunda-feira (20), na Avenida Alexandre Marion, na ponte do bairro São José. Apesar da gravidade do acidente, ela teve apenas ferimentos leves e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, e  levada ao pronto-socorro da cidade. Na tarde de ontem, o veículo foi retirado do local. As causas do acidente serão investigadas pelas autoridades.

  • Empresa contratada pela prefeitura de Jaguariúna e investigada pelo Gaeco demitiu funcionários que alegam não ter recebido os direitos trabalhistas

    Funcionários da Mova Empreendimentos, empresa terceirizada encarregada dos serviços de limpeza em escolas de Jaguariúna, estão enfrentando problemas relacionados a demissões sem o pagamento de rescisões, em meio a uma investigação em andamento. A empresa está sendo alvo de uma investigação conduzida pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Ministério Público. Segundo relatos dos funcionários, cerca de 10 foram demitidos, já cumpriram o aviso prévio, porém não receberam os valores devidos. Ao questionarem a empresa sobre a situação, foram informados que o pagamento está pendente, dependendo da Prefeitura. Em contato com o Jornal Bastidores da Notícia, os funcionários expressaram preocupação com a situação. Segundo eles, durante o tempo que trabalharam na empresa, os atrasos nos pagamentos eram recorrentes e se intensificaram desde dezembro. Uma ex-funcionária, que trabalhou por um ano e meio, afirmou não ter recebido sua rescisão; enquanto outra, com dois anos e dois meses de serviço, também está na mesma situação. "Fomos demitidos, já cumprimos o aviso prévio e até agora nada. Estamos sem emprego, sem receber nosso dinheiro e ninguém resolve nada. O supervisor só fala que temos que aguardar a prefeitura, não entendemos isso, porque quem nos contratou foi a empresa e não a prefeitura. Não podemos ficar nessa situação, temos famílias, temos responsabilidades", ressaltou a ex-funcionária que preferiu não se identificar. O outro lado Nossa equipe entrou em contato via telefone com o supervisor da empresa, Alexandre, para saber quando os funcionários receberão o pagamento das rescisões. O mesmo afirmou ao Bastidores que é necessário aguardar a prefeitura. Perguntamos por que a responsabilidade pelo pagamento é da prefeitura se a contratação foi realizada pela empresa, mas novamente ele disse que é preciso aguardar a prefeitura. Contudo, a Prefeitura de Jaguariúna esclareceu para nossa reportagem que se trata de uma questão exclusivamente trabalhista, afirmando não possuir instrumentos legais para intervir diretamente no pagamento das rescisões contratuais. Questionados sobre o contrato com a empresa investigada, a Prefeitura informou que os fiscais estão acompanhando de perto a execução dos serviços e que qualquer descumprimento das cláusulas contratuais pode resultar na rescisão do contrato. No ano de 2019, nossa equipe também foi procurada por outro ex-funcionário que passou pela mesma situação. Na época, ele prestava serviço para a Vagner Borges Dias ME, nome fantasia Safe, que fazia o serviço terceirizado nas escolas. Segundo as investigações do Ministério Público, é do mesmo grupo da Mova. O empregado ficou dois anos na empresa, foi demitido e ficou sem receber. Na época, nossa equipe conversou pessoalmente com o mesmo supervisor Alexandre, que disse que a empresa iria pagar o funcionário, mas o mesmo só conseguiu receber na justiça. A situação coloca em evidência não apenas a vulnerabilidade dos funcionários demitidos, mas também a importância da fiscalização rigorosa por parte dos órgãos competentes para garantir o cumprimento das obrigações trabalhistas por parte das empresas contratadas pela administração pública.

  • A 4ª Edição do Jaguar Stadium de Muay Thai aconteceu no último fim de semana em Jaguariúna

    O Centro de Treinamento Iope realizou, no sábado, dia 6, mais um evento de muay Thai em Jaguariúna. Os amantes do Muay Thai em Jaguariúna e região foram agraciados com mais uma emocionante etapa do Jaguar Stadium, a tão aguardada Edição Coliseum. Foi uma verdadeira celebração da arte marcial tailandesa, reunindo talentosos lutadores em uma atmosfera de pura adrenalina e competição. Desde sua criação, o Jaguar Stadium tem conquistado cada vez mais espaço no cenário esportivo local, tornando-se um ponto de referência para os aficionados pelo Muay Thai. A Edição Coliseum marcou a quarta etapa deste emocionante evento, que já se consolidou como parte integrante da agenda esportiva da cidade. Com aproximadamente 30 lutas, que variaram desde apresentações infantis até o aguardado card principal, os organizadores do Jaguar Stadium não pouparam esforços para garantir um espetáculo memorável ao público presente. Cada detalhe, desde a divisão das categorias de peso até o nível dos atletas, foi cuidadosamente planejado para proporcionar uma experiência única aos espectadores, que puderam acompanhar as lutas pessoalmente ou através da transmissão ao vivo pelo Youtube. Uma das principais propostas do evento, segundo seus organizadores, é a criação de um ranking das categorias, visando identificar os melhores lutadores de cada divisão para disputarem o tão cobiçado Cinturão. Na próxima semana, o card será atualizado e novos desafiantes surgirão, alimentando a expectativa para a próxima edição, agendada para o dia 13 de julho. Será mais uma oportunidade para os atletas se enfrentarem, superarem limites e, quem sabe, conquistarem o tão sonhado título. Por trás do Jaguar Stadium, estão o Mestre Michael Siqueira e o Professor Carlos Iope, e eles contam com o apoio incondicional da Equipe CTI Jaguariúna e da Equipe Michael Siqueira Team, que trabalham incansavelmente para tornar o evento uma realidade. Além dos envolvidos diretamente na organização, é importante ressaltar o papel fundamental de diversos parceiros e patrocinadores que acreditam no poder do esporte e no impacto positivo que ele pode ter na comunidade. Entre eles, destacam-se a Prefeitura Municipal de Jaguariúna, através da Secretaria de Esportes, o Botequim da Estação, CJI Pisos, Pizzaria Village, Auto Escola Central, Agropecuária Florianópolis, Max Security, F Burguer e Uniart Troféu. "Obrigado por acreditar no Jaguar Stadium, por acreditar que o esporte transforma vidas", expressam os organizadores, em um gesto de gratidão a todos que contribuíram para o sucesso do evento. Com uma comunidade unida e apaixonada pelo Muay Thai, o Jaguar Stadium continua a escrever sua história, inspirando e emocionando a todos que têm o privilégio de fazer parte deste incrível universo esportivo. A próxima edição está marcada para 13 de julho. Fotos: Divulgação

  • Jaguariúna sedia reunião do Parlamento Metropolitano da RMC na Câmara de Jaguariúna nesta sexta - feira(12)

    A Câmara Municipal de Jaguariúna sedia, na próxima sexta-feira (12), a 3ª sessão ordinária do Parlamento Metropolitano da RMC (Região Metropolitana de Campinas). Aberto ao público, o encontro terá inicio às 10 horas, com transmissão através do canal da Câmara Municipal no Youtube. Na reunião será apresentada a palestra “A força da comunicação pública e estratégias eleitorais”, com o jornalista Edinho Baffi, especialista em marketing político, comunicação pública, gestão de imagem, prevenção e gerenciamento de crises; autor dos livros “O X da Eleição”, “Xadrez Eleitoral” e “Comunicar com estratégia faz a diferença”. O vereador Romilson Silva, presidente da Câmara Municipal de Jaguariúna, também é vice-presidente do Parlamento da RMC. Romilson destaca a importância do Parlamento Metropolitano nas discussões de assuntos importantes para toda a região. “Jaguariúna tem um peso muito importante para nossa região, sendo assim é com muita satisfação que abrimos nossas portas para receber os vereadores e demais autoridades de todos os outros municípios”, ressaltou. O Parlamento Metropolitano da RMC reúne presidentes de Câmaras e vereadores de todas as 20 cidades que compõem a região. As sessões ordinárias acontecem mensalmente em uma cada uma das sedes do Poder Legislativo. Neste ano as primeiras sessões ocorreram em Nova Odessa e Campinas. Fonte: CMJ

  • Prefeitura de Jaguariúna lança aplicativo 'Cidadão Mais '

    A Prefeitura de Jaguariúna lançou na terça-feira, dia 2 de abril, o aplicativo Cidadão Mais, que vai concentrar todos os principais serviços das secretarias municipais, facilitando e agilizando o acesso dos cidadãos. O novo app amplia em muito a oferta de serviços on-line e substituirá os demais aplicativos existentes, como o Cartão Cidadão Conectado (CCC). O aplicativo inclui serviços como rematrículas escolares, carteira para o transporte escolar, consulta a protocolos, vagas do PAT, cadastro para emprego, inscrições para atividades esportivas, comunicação de vazamentos de água, pedidos de podas de árvores, cadastro para a Escola das Artes, consultas veterinárias e castrações, entre vários outros. O novo app está disponível para download gratuito, nas plataformas IOS e Android. Para ter acesso à maioria dos serviços, é necessário ter o Cartão Cidadão. Para utilizar o aplicativo, basta se cadastrar, criar login e senha e começar a acessar os serviços. Quem já tem o CCC Jaguariúna, poderá utilizar as mesmas credenciais (login e senha) para acessar o Cidadão Mais. A interface do novo app é simples e de fácil utilização. A integração dos diversos serviços das secretarias e dos demais aplicativos existentes também gera mais economia e agilidade, reduzindo a necessidade de deslocamentos do cidadão até a Prefeitura. SERVIÇOS DISPONÍVEIS: ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Fiscalização em residência Fiscalização em construção civil Fiscalização de estabelecimento Fiscalização de atividade irregular Fiscalização em queimadas DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL Vagas disponíveis no PAT EDUCAÇÃO Matrícula Boletim Carteirinha para o transporte escolar GOVERNO Consulta ao Protocolo JUVENTUDE, ESPORTES E LAZER Calendário esportivo Carteirinha para participação nas práticas esportivas MEIO AMBIENTE Vazamento de água Limpeza de fossa séptica Poda de árvores Rede de esgoto MOBILIDADE URBANA Identificação de rua Sinalização de solo Sinalização de trânsito Veículo abandonado Construção e/ou manutenção de lombada ou valeta Construção e/ou manutenção de ponto para parada de ônibus SAÚDE Castração de animal Socorro a animal de rua ferido Agendamento de carro especial SEGURANÇA PÚBLICA Ronda da Guarda Municipal nos bairros Ronda da Guarda Municipal nas escolas Inspeção da Defesa Civil TURISMO E CULTURA Carteirinha do Pescador Carteirinha da Escola das Artes OBRAS E SERVIÇOS Tabela para coleta de lixo orgânico Tabela para a coleta de entulho/bagulho Tabela para a coleta de reciclagem Tabela para a coleta de galhos Fiscalização de terreno fechado/aberto para limpeza Retirada de entulho/bagulho Retirada de galhos Implantação e/ou manutenção de container verde Canalização de água de chuva Limpeza de bueiros Manutenção de estrada de terra Limpeza e conservação de praças, parques e/ou área pública Reparo em asfalto Limpeza de rua

  • Sábado tem basquete no Azulão

    Neste sábado, dia 06 de abril, às 10h da manhã, a equipe jaguariunense Sub 14 de basquete enfrentará a A.A.Caldense de Minas Gerais pela 2ª rodada da Liga Metropolitana. O jogo será no Azulão e a entrada é de graça. O Ginásio do Azulão fica na rua Amazonas, 848, Jardim Sônia.

  • ‘Amadorzão’ volta com tudo neste fim de semana com jogos pela Taça Ouro e Prata

    O Campeonato Municipal de Futebol Amador de Jaguariúna, o Amadorzão, volta com tudo neste fim de semana, após uma pausa na Páscoa. A competição, organizada pela Secretaria Municipal de Juventude, Esportes e Lazer, terá jogos pelas taças Ouro e Prata. A entrada é gratuita. Pela quarta rodada da Taça Ouro, no sábado, dia 6 de abril, no Centro de Lazer do Trabalhador "Lebrão", às 16h, Independente e Coringão se enfrentam. Logo depois, às 18h, entram em campo Engra e Peralta. Já no domingo, dia 7, no mesmo local, às 8h, jogam XII de Setembro e Beira Rio e, às 10h, Audaz e Fantasma. Os jogos da quinta rodada da Taça Prata que acontecem no sábado (6) são: no campo do Roseira de Baixo, às 14h, o Roseira de Baixo recebe o Cachorro da Neblina e, às 16h, o Máfia enfrenta o Mais Amigos. No campo do Roseira de Cima, às 14h, jogam Pinheiros e Cruzeiro e, às 16h, São José/Juve e Aliança. Já no domingo (7), às 8h, no Roseira de Baixo, as equipes Unidos da Nova e Roseira B se enfrentam. Em seguida, às 10h, é a vez de CSE e Villa Nassif. Finalizando a rodada, no campo do Roseira de Cima, às 8h, o Guedes enfrenta o Bahia e, às 10h, o PSG joga contra o Vitória. O campeonato da Taça Ouro conta com oito times que se enfrentam em turno único, avançando para a semifinal os quatro primeiros colocados. Na Taça Prata são 16 equipes divididas em dois grupos. Os quatro primeiros colocados de cada grupo avançam para as quartas de finais. Confira a tabela de classificação e os próximos jogos no site: www.campeonatosmunicipais.jaguariuna.sp.gov.br. Foto: Ivair Oliveira

  • Operação Páscoa registrou 436 atendimentos aos clientes da Renovias no interior paulista

    A Operação Páscoa nas rodovias que interligam Campinas, Circuito das Águas e sul de Minas Gerais movimentou mais de 443 mil veículos em toda a malha viária administrada pela Renovias, ao longo do final de semana prolongado. No total, foram contabilizados 6 acidentes, 3 feridos e uma morte. De sexta-feira (29) até domingo (31), foram realizados 436 atendimentos aos clientes, incluindo serviços de guincho, socorro mecânico, inspeção e atendimento pré-hospitalar. Foram registrados 109 panes mecânicas, 18 panes secas, 34 pneus furados, 8 panes elétricas e 11 superaquecimento de motor. O Centro de Controle de Operações (CCO) da Renovias, que funciona 24 horas por dia, atendeu 259 chamados neste período, tanto pelo 0800 quanto pelos telefones de emergência das rodovias. Sobre a Renovias: A malha viária da Renovias liga Campinas, Circuito das Águas e sul de Minas: SP-340 (Campinas/Mococa), SP-342 (Mogi Guaçu/Águas da Prata), SP-344 (Aguaí/Vargem Grande do Sul), SP-350 (Casa Branca/São José do Rio Pardo) e SP-215 (Vargem Grande do Sul/Casa Branca), com extensão de 345,6 quilômetros. A concessionária administra as rodovias através do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo. O Sistema de Ajuda ao Usuário (SAU) da Renovias está à disposição 24 horas por dia. Para acioná-lo, basta ligar 0800 055 9696 ou usar um dos fones de emergência implantados a cada quilômetro. Condições antecipadas do tráfego podem ser obtidas pelo site www.renovias.com.br.

  • Com patrocínio da Renovias, Cia de Teatro Parafernália leva espetáculo gratuito para Mococa e Mogi Guaçu

    A Cia de Teatro Parafernália está em sua 10ª temporada com o espetáculo Água à Vista. A apresentação teatral faz parte do projeto Água, Nosso Bem Mais Precioso, realizado através da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, do Governo Federal e patrocinado pela Renovias. O espetáculo será realizado na Escola Carlos Lima Dias (Mococa), no dia 3 de abril, às 9h e às 14h30 e na Escola Cleide da Fonseca Ferreira, no bairro Itaqui (Mogi Guaçu), no dia 5 de abril, às 9h e às 13h30. Classificado como livre para todas as idades, o espetáculo promete entretenimento e reflexão. “Acreditamos que a arte tem o poder de sensibilizar e mobilizar as pessoas. Que este espetáculo inspire reflexões e ações concretas em prol de um futuro mais sustentável para todos nós”, convidou a atriz, gestora cultural e coordenadora executiva da Cia. de Teatro Parafernália, Andréia Nunes. Com patrocínio da Renovias, ao longo de 2024, a Cia Parafernália fará 40 apresentações pelo Estado de São Paulo, para cerca de 8.000 pessoas. “Com muito orgulho e, graças ao importante apoio da Renovias, chegamos ao 10° ano de um projeto tão bonito. É um espetáculo que, ao mesmo tempo entretém, faz rir e refletir sobre questões tão importantes como a preservação da água e do meio ambiente”, explica. A HISTÓRIA - Água à Vista conta a história de dois cientistas e um aventureiro que viajam no tempo em busca de soluções para a crise hídrica na Terra. Presos em 2070, em um mundo devastado pela guerra e escassez de água, encontram em Moisés um guia celestial que os ajuda a buscar alternativas para salvar o planeta. O espetáculo, com texto de Viviane Casteliani e direção de Alexandre Souzah, apresenta reflexões sobre a importância da preservação ambiental e hídrica. Voltado para todas as idades, o projeto contribui para o cumprimento de oito dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Os espectadores receberão gratuitamente cartilhas educativas e adesivos do projeto para enriquecer a experiência. Serviço Local: Escola Carlos Lima Dias Data: 3 de abril Cidade: Mococa Endereço: Praça Professor Oscar Lenhoardt, 50, Predio - Gatolândia, Mococa - SP Horário: 9hr e 14h30 Local: Escola Cleide da Fonseca Ferreira Data: 5 de abril Cidade: Mogi Guaçu Endereço: Itaqui, Mogi Guaçu - SP. Horário: 9h e 13h30

  • Fazenda da Barra de Jaguariúna vai ganhar Centro de Eventos Multicultural

    A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, vai inaugurar nesta sexta-feira, dia 5 de abril, às 15h, o Centro de Eventos da Fazenda da Barra, um espaço multicultural destinado a apresentações e realização de eventos. A programação de inauguração do novo espaço inclui apresentações de equipes de equitação de trabalho e da Orquestra de Violeiros de Jaguariúna. O Centro de Eventos da Fazenda da Barra consiste numa arena com caixa de areia de 5 mil m², arquibancada e edificação de 300 m² com saguão, três cozinhas e banheiros. É um moderno espaço multiuso, podendo abrigar eventos equestres, turísticos, culturais, entre outros que sejam adequados à área. FAZENDA DA BARRA A Fazenda da Barra é um dos patrimônios mais antigos e importantes de Jaguariúna, pois existe desde a metade do século 19 e tem suas instalações abertas para visitação pública com agendamentos e monitor técnico. O prédio foi restaurado pela Prefeitura de Jaguariúna. O local possui 332 mil metros quadrados e inclui a casa sede, galpões 1 e 2, Canil Municipal, terreiro de café, Capela Santa Maria, paiol e agora o novo Centro de Eventos. A Fazenda da Barra fica na Rua Maranhão, nº 600, no bairro Guedes. SERVIÇO Inauguração do Centro de Eventos da Fazenda da Barra Data: 05/04 Horário: 15h Endereço: Rua Maranhão, nº 600 Foto: Ivair Oliveira

  • Prefeitura de Jaguariuna usa drone para fiscalizar imóveis em multirão contra a dengue

    A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na manhã desta quarta-feira, dia 3 de abril, mais um mutirão contra a dengue nos bairros da cidade. A ação foi realizada na região do bairro Chácaras Long Island e pela primeira vez contou com a ajuda de um drone, veículo aéreo não tripulado controlado à distância. O equipamento, operado por agente da Defesa Civil de Jaguariúna, foi utilizado para a geração de imagens aéreas dos imóveis de difícil acesso, facilitando a identificação de áreas com entulho e possíveis focos do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue. “O drone foi enviado a Jaguariúna pela Defesa Civil de Campinas e integra a força-tarefa formada entre os 20 municípios da Região Metropolitana de Campinas (RMC) para ações mútuas de combate à dengue”, informa Fernanda de Sousa Rodrigues Tesche. “Jaguariúna está em constante crescimento tecnológico e, nesse sentido, estamos avançando também no controle, proteção e segurança da população. A tecnologia está disponível e devemos usá-la para ampliar o atendimento às pessoas, trazendo resultados significativos para todos”, informa a Secretaria Municipal de Saúde. A inovação tem objetivo de fiscalizar e monitorar locais de difícil acesso, onde os agentes de saúde enfrentam obstáculos. Por conseguirem captar imagens aéreas, os drones facilitam a detecção de focos do mosquito que possivelmente não seriam identificadas. O equipamento será sempre operado por agentes treinados da Defesa Civil, que sobrevoam pontos estratégicos, como terrenos baldios ou áreas de mata, que geralmente são os locais mais propícios para a proliferação do mosquito. Essa é mais uma ação da Prefeitura de Jaguariúna de combate à transmissão da dengue. A cidade está sob decreto de emergência em saúde devido à epidemia da doença registrada em todo o Estado. A Secretaria de Saúde implementou uma série de medidas, como a compra de testes rápidos de dengue e a parceria com a UniFAJ para o apoio de estudantes de medicina e enfermagem durante os mutirões, entre outras.

bottom of page