top of page

Vítima homenageia a PM de Jaguariúna: "Eu não desisti porque os policiais não me deixaram desistir"


Na foto Wiliam, a motocicleta Teneré e parte dos policias que participaram pelas buscas. Ele bate continência em forma de respeito e agradecimento aos agentes



Policiais Militares foram homenageados na tarde desta sexta-feira (19), em frente do 1º Pelotão da PM de Jaguariúna. A homenagem foi uma iniciativa de William Moura de 42 anos, vítima de roubo na cidade.


O caso aconteceu na terça- feira (16), por volta das 6h, da manhã, o trabalhador seguia com sua motocicleta Teneré da marca Yamaha, que havia acabado de comprar há uma semana, pela Estrada Vicinal Oscar Pereira Dias, quando foi abordado por dois criminosos armados em uma moto da marca Titan preta. Além da moto, o celular e uma mochila foram levados.



Prisão de um dos envolvidos no crime


No mesmo dia, uma equipe da PM prendeu um dos autores do roubo, a chave da motocicleta e a carteira vazia da vítima e a partir dali, começou uma busca incansável entre os policias, e na manhã de sexta a moto foi recuperada. Sem seguro e com um carnê de 48 parcelas para pagar, a vítima achou uma maneira de agradecer aos policiais.




William, procurou o sargento Leandro e falou do interesse em fazer a homenagem aos profissionais, se possível reunir todos os policias que durante esses quatro dias de angústia se empenharam até mesmo no dia de folga para recuperar sua moto.


Na frente da base da PM, com quase todos, ele leu uma carta que escreveu em agradecimento.


Veja a carta


"Aos Policiais Militares de Jaguariúna: Cabo Secchinatto, Cabo Alamino, Cabo Johny, Cabo Bruno, Cabo Ramalho, Cabo Fachim, Cabo Iope, Cabo Baraldi, Soldado Tiago Almeida, Soldado Daniel, Soldado Magalhães, Soldado Vianna, Soldado Alessandra, Soldado Maia, 2º Sargento Leandro e 3º Sargento Cândido.


Eu, como representante da comunidade local, gostaria de agradecer a todos vocês por sua dedicação e esforços na busca da motocicleta Teneré.

Durante os últimos quatro dias as suas habilidades de investigação e trabalho em equipe foram notáveis e inspiradoras.


Com trabalho duro e diligente, vocês foram capazes de prender um dos envolvidos no crime, localizar e recuperar minha motocicleta.

Suas ações demonstraram que a aplicação da lei e a segurança pública são prioridades para vocês e isso não passa despercebido.


Gostaria de agradecer a cada um de vocês por arriscarem suas vidas para proteger nossas comunidades locais e pelo trabalho incansável que vocês realizaram durante esses dias.

Sabemos que a segurança pública é um trabalho difícil e exigente, mas vocês têm sido verdadeiros profissionais ao longo de todo o processo.


Mais uma vez, eu e toda minha família gostaríamos de agradecer a todos vocês por sua dedicação e empenho na busca pela Teneré.

Vocês são um exemplo brilhante da excelência na aplicação da lei e um verdadeiro exemplo para todos.


Deus é maravilhoso e tem o melhor para cada um de nós .

Meus sinceros agradecimentos

Wiliam Moura, 19 de maio de 2023".




Para nossa reportagem, William descreveu o sentimento. "Sou eternamente grato a esses policias, desde o dia do crime me senti amparado pela PM, eles prenderam um dos bandidos e o tempo todo buscaram encontrar minha moto.



No dia do crime, eram 17h, nenhum deles tinha almoçado. Perguntei pra eles, vocês não vão comer e me falaram, não se preocupe, estamos acostumados, comemos quando der. Desde o dia do fato eu presenciei o esforço deles.



Eu passava pela área imensa onde poderia estar a motocicleta e lá estava uma viatura vasculhando. Ou então alguém me falava nossa todo dia tem viatura por aqui, estão procurando algo nesses matos.


E conversando com eles, diziam não perca a esperança, nós estamos fazendo o possível, vamos encontrar sua moto. Tinha policial de folga que pegou a moto, gastou gasolina e foi atrás, policial aposentado.



Nenhum deles me conhecia e, para eles, o importante não era quem eu era e sim uma vítima da sociedade que eles precisam ajudar.

Percebi que para eles não tem diferença se era um empresário com seguro que teve seu bem roubado ou um trabalhador sem seguro com 48 parcelas pra pagar.


Somos todos iguais, eles me fizeram sentir que o problema que eu estava vivendo era deles também. Eu só tenho a dizer gratidão e muito respeito por todos eles", afirmou William


Motocicleta encontrada escondida no meio do canavial


Para o sargento Leandro, que comandou as equipes, o reconhecimento da sociedade faz toda a diferença.


"É muito gratificante o reconhecimento por parte da sociedade, a grande maioria da população não tem noção do empenho de nossos policiais, nesse caso foi perceptível pela vítima porque ela foi ao local e presenciou pessoalmente como é o trabalho da polícia.

Ela pode ver policiais ficar sem almoçar, passando do horário de ir embora, policiais de folga ajudando nas buscas, inclusive policias aposentados como o caso do 3° Sgt PM Cândido.


Esse empenho é diário, nenhum dos policiais conheciam a vítima, fizeram por amor a profissão. Lembro que em conversa com a vítima, ela disse ter sido vítima do golpe do pix dias antes, foi comovente a conversa que tivemos.


Confesso que fiz um pedido à vítima, pedi a ela que quando alguém tocar no assunto de Polícia Militar, que ela fale apenas o que presenciou, para que assim outras pessoas possam ter um ideia do que fazemos por pessoas que sequer conhecemos.


Queria aproveitar a oportunidade para agradecer o efetivo da Polícia Militar de Jaguariúna, agradeço não como Sargento, mas sim como cidadão Jaguariunense, pois sei o que fazem por nós", declarou o sargento Leandro.


Reportagem: Susi Baião

Fotos: Susi Baião

VESTIBULAR-2024_Bastidores-Noticia_VESTIBULAR-2024_300x600 (1).jpg
unnamed (1).jpg
bottom of page