top of page

Tribunal do Júri condena a nove anos, homem acusado de matar Jonatas Buzo


Pedro Ivan Galli Ferraz da Silva, 23 anos, foi condenado a nove anos de prisão pela morte de Jonatas Henrique Buzo (27) ocorrido em janeiro de 2019, em Jaguariúna. O júri popular aconteceu na sexta-feira (23), no Fórum de Jaguariúna. Após quase 12 horas de julgamento, que contaram com depoimento de testemunhas, interrogatório do réu e debate entre acusações e defesa, o júri decidiu pela condenação.



A sentença proferida pelo juiz Marcelo Forli Fortuna, o condenou por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. O promotor Sergio Luis Caldas Spina, disse que o Ministério Público não irá recorrer da decisão da Justiça. O advogado de defesa de Pedro Ivan, Ediomar Fabiano Fernandes disse à reportagem que não irá recorrer da decisão. Na época do crime Pedro Ivan tinha 19 anos, e sua pena caiu de 14 para 9 anos. O acusado estava preso no Centro de Detenção Provisória de Campinas, (CDP), aguardando o julgamento, agora será transferido para um presídio da região. Reportagem: Susi Baião Fotos: Susi Baião



Comments


bottom of page