top of page

Trabalhadores do tráfico são presos em casa usada como ponto de venda de drogas na 12 de Setembro

 



A Polícia Militar de Jaguariúna prendeu vários suspeitos envolvidos no tráfico de drogas em uma residência usada como ponto de venda de entorpecentes no bairro 12 de Setembro em Jaguariúna.


Além dos envolvidos, teve a apreensão de substâncias ilícitas, dinheiro e outros itens relacionados às atividades criminosas.


A ação policial ocorreu no dia 6, quando as autoridades, em patrulhamento pelo local, observaram atividades suspeitas na residência em questão. A casa já era conhecida nos meios policiais pela intensa atividade de tráfico de drogas. Os agentes flagraram o momento em que um indivíduo identificado como "E." entregava drogas a um comprador chamado "J." através de um buraco na caixa de correio.

 

A residência, além de ser utilizada para a venda de entorpecentes, apresentava medidas de segurança, como dois cães da raça Pitbull e cerca elétrica com lâminas afiadas, indicando a organização e o cuidado dos criminosos.

 

Ao abordar o comprador, os policiais encontraram quatro embalagens de cocaína em sua posse. Inicialmente, J. afirmou ter adquirido a substância de um indivíduo negro com pouca barba e uma tatuagem na mão. Posteriormente, ele confirmou que se tratava do indiciado E.

 



Diante da situação, as autoridades realizaram um cerco policial e solicitaram apoio de outras viaturas. Durante o cerco, dois indivíduos, identificados como "C." e "L.", foram vistos fugindo para os fundos do quintal, onde arremessaram duas pochetes no telhado da casa vizinha.


Os policiais, cabo Secchinato e soldado Magalhães, utilizando uma escada emprestada da vizinhança, conseguiram recuperar as pochetes arremessadas, encontrando nelas uma quantidade significativa de drogas, incluindo maconha, cocaína e crack.

 

Pelo tealhado o sargento PM Leandro identificou uma motocicleta Kasinski/Comet 150 com emplacamento artesanal no fundo do quintal, sendo um veículo com registro inexistente.

 

No decorrer da operação, foi constatada a presença de menores na residência, incluindo uma ex-namorada do indiciado C. e a namorada do indiciado L., além disso, foi encontrada uma criança de apenas 6 meses na casa. As conselheiras tutelares foram acionadas para prestar assistência à criança e as adolescentes. 

 

Durante a revista na residência, foram localizados R$ 222 em notas diversas e anotações relacionadas ao tráfico em um caderno. Os policiais ainda encontraram, escondida próximo à caixa d'água, mais uma pochete contendo drogas.

 Os investigadores da Polícia Civil, Diego e Cleber compareceram no local e informaram que já havia uma investigação em andamento relacionada à residência.


Diante da gravidade dos fatos, todos os envolvidos foram conduzidos à delegacia, onde foi elaborado o flagrante delito contra E. e C. pelos crimes de tráfico de entorpecentes, corrupção de menores e associação ao tráfico. Já L. foi indiciado por tráfico e associação ao tráfico, enquanto J. foi autuado pelo crime de porte de entorpecente. Ao todo, foram apreendidos seis celulares,58 trouxinhas de maconha, 88 eppendorf de cocaína, 33 pedras de crack, R$222 reais e a motocicleta Kasinski/Comet 150.


Participaram da ocorrência; sargento Leandro, cabo Secchinatto, cabo Uipe, soldado zorzeto, soldado Magalhães, cabo Alamino, soldado Juliana e apoio da Romu.




VESTIBULAR-2024_Bastidores-Noticia_VESTIBULAR-2024_300x600 (1).jpg
unnamed (1).jpg
bottom of page