top of page

Projeto da Escola das Artes de Jaguariúna é apresentado em evento internacional da Unesco

O

projeto Escola das Artes de Jaguariúna está sendo apresentado em evento internacional da Unesco, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. A experiência de sucesso da Escola das Artes, criada em 2009 e que atende a mais de 4 mil alunos, é mostrada em detalhes em artigo científico na Conferência Internacional da Cátedra Unesco em Economia Criativa e Políticas Públicas.


A secretária de Turismo e Cultura de Jaguariúna, Maria das Graças Hansen Albaran Santos, participa do evento, realizado hoje (5) e amanhã (6) na Universidade Federal de Ouro Preto (MG).


O artigo científico, aprovado pela Unesco, foi escrito a pedido de Graça Albaran, que é a idealizadora da Escola das Artes. O texto tem a coordenação de Rinaldo Zamai, assistente de gestão pública da Secretaria de Turismo e Cultura de Jaguariúna. Também colaboraram para o artigo Guilherme Viégas, estagiário; José Fornari Novo, pesquisador da Unicamp, e Vinicius Barros, professor de Libras da Escola das Artes.


A Escola das Artes conta hoje com mais de 4 mil alunos de 4 a 90 anos de idade e cerca de 40 cursos, entre eles: música, artes visuais, artes da cena, idiomas, pilates, gastronomia, capoeira, decoração e maquiagem artística, libras, mídias digitais, perfumaria e empreendedorismo feminino.

Comentários


bottom of page