top of page

JAGUARIÚNA INAUGURA O PRIMEIRO CENTRO DE CULTURA CAIPIRA DA RMC

A Prefeitura de Jaguariúna vai inaugurar neste domingo, dia 12 de fevereiro, às 10h, o Centro de Cultura Caipira de Jaguariúna, o primeiro do gênero na Região Metropolitana de Campinas (RMC). O espaço, localizado na Estação de Guedes, patrimônio histórico do município, abriga uma exposição permanente sobre os costumes e a tradição caipiras, desde a linguagem e culinária típicas, até a música e o folclore, e reforça o compromisso de Jaguariúna de preservar e manter suas tradições e raízes.


O projeto de criação e instalação do Centro de Cultura Caipira foi desenvolvido pela Secretaria de Turismo e Cultura de Jaguariúna e levou cerca de um ano para ser executado, sob supervisão da secretária Maria das Graças Hansen Albaran Santos.


“Era um projeto que já tínhamos a ideia de fazer há algum tempo, o bairro Guedes merece, pois é um bairro rural, que preserva as raízes caipiras e tem tudo a ver com esse projeto. A cidade também preserva suas raízes, tem uma orquestra de violeiros, tem aulas de viola, luteria, a questão da culinária, então esse espaço é muito adequado. A gente quer trazer as pessoas para que visitem esse espaço, até para que a tradição caipira não se perca”, explica a secretária Graça Albaran.


“O projeto é dividido em três salas. Na primeira, contamos a história e falamos sobre o artesanato. Na segunda sala, tem a música caipira, as festas, o cinema. Na terceira sala, há um cenário de uma cozinha caipira, com receitas típicas que poderão ser levadas para casa pelos visitantes”, diz Fabiano Rizzoni, historiador da Secretaria de Turismo e Cultura, responsável pelo projeto.


Um dos destaques da primeira sala é o Dicionário de Caipirês Paulista, um grande painel com as expressões mais populares da linguagem caipira e sua “tradução”, como “manguaça véia”, “migué” e “óia”. Os painéis também trazem informações e a história da música, culinária, folclore, danças, festas, religião e dialeto caipiras.

O espaço também conta com uma área exclusiva para apresentações artísticas e ensaios da Orquestra de Violeiros do Jaguary.


APRESENTAÇÕES E FOOD TRUCKS

Além da exposição permanente, a Estação de Guedes também passará a ser a sede da Orquestra de Violeiros, que fará uma apresentação especial na inauguração do Centro de Cultura Caipira. Também haverá apresentação de catira, dança do folclore brasileiro em que o ritmo musical é marcado pela batida dos pés e mãos dos dançarinos.


No domingo também haverá food trucks com comidas típicas caipiras, barracas de artesanato e entrega da Cartilha do Caipira, voltada às crianças.


A Estação de Guedes foi inaugurada em 1945 e passou por processo de restauração em 2012. O trabalho durou cerca de um ano e resgatou um dos principais patrimônios históricos e culturais do município.




VESTIBULAR-2024_Bastidores-Noticia_VESTIBULAR-2024_300x600 (1).jpg
unnamed (1).jpg
bottom of page