Acadêmica morre em acidente envolvendo moto e caminhão.

A jovem Myrella Steteski, de apenas 19 anos, morreu na tarde desta sexta-feira, 12, pouco tempo depois de ser atendida pelas equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192) e Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), vítima de um acidente motociclístico. 

A batida, envolvendo a moto em que a jovem estava e um caminhão caçamba, foi registrado na Rua Euclides Geraldo de Medeiros (Rua 13), equina com a 20, no centro da cidade.

Segundo informações do investigador da Polícia Judiciária Civil, José Rômulo, o motorista do caminhão caçamba teria invadido a preferencial. “O que ele falou é que olhou, mas não chegou a ver a moto. Segundo ele, pode ter ficado no ponto cego do veículo e só escutou o impacto”, relatou o policial.

Segundo o socorrista do Samu, Alex Ruiz, a vítima estava consciente e orientada, mas no trajeto começou a piorar, sendo necessário ser entubada.  Todos os procedimentos foram realizados, mas, infelizmente, pouco tempo depois a jovem veio a óbito. “Estávamos dando apoio a equipe da UPA, mas infelizmente a menina não resistiu. Uma menina de 19 anos, moradora de Tangará da Serra. A gente só lamenta e ficamos todos tristes com essa notícia”. A jovem completaria 20 anos no próximo mês, dia 17 de maio.

O corpo de Myrella foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, que deverá constatar a causa da morte.

Diário da Serra

Nenhum comentário