Policia Civil desvenda morte de caseiro no Assentamento Bezerro Vermelho

A policia Judiciaria Civil elucidou em menos de 24 horas, a morte do  caseiro Claudinei  Dias de 45 anos de idade.

Claudinei foi morto com requintes de crueldade nesta Quarta-Feira(09), no assentamento Bezerro Vermelho a 25 Quilômetros do centro de Tangará da Serra.
Além de levar duas facadas, ele ainda foi espancado com um pedaço de Madeira.

Segundo o investigador Lazaro Ribeiro a investigação concluiu que três elementos participaram da morte, sendo Luis Gonçalves de Andrade, Marcilei Mendes Gomes e Gilmar Alves Soares.
Ainda de acordo com Lazaro Ribeiro,  Gilmar e Luis eram conhecidos da vítima, e bebiam juntos na noite anterior ao crime, quando Luis deu a ideia de mata-lo. 
Os demais elementos participando do crime, batendo a cabeça de Claudinei várias vezes contra a parede e ainda dando diversos  golpes de facão que vieram a causar a morte da vitima.
Apurou-se também, que já havia um rixa entre Luis e Claudinei, motivada por supostos pequenos furtos em que acusa a vítima de ter subtraído a quantia de R$250 e alguns peixes da propriedade, sendo essa a principal motivação do homicídio. Esclarecidos os fatos os três ficarão presos na Delegacia Judiciária Civil, à disposição da Justiça até o julgamento.















Nenhum comentário