Moto roubada em Tangará é apreendida com membros de facção criminosa em Sapezal

A polícia prendeu um jovem de 28 anos e apreendeu um adolescente de 16 anos neste sábado, 04, em um hotel, em Sapezal. 

Segundo a Polícia Civil, são integrantes de uma facção criminosa. No grupo, eles supostamente tinham a função de matar membros de facções rivais. Com eles, duas armas de fogo foram apreendidas.

As prisões foram feitas pela Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Federal.

Conforme a Polícia Civil, os dois têm extensa ficha criminal e contra um deles havia um mandado de prisão em aberto decretado pela Comarca de Cáceres por latrocínio.

Devail da Silva Monteiro, de 28 anos, que já estava com a prisão decretada, era conhecido como “Exterminador” ou “Boiadeiro”.

Ele foi autuado por posse ilegal de arma de fogo de uso proibido, corrupção de menores, falsidade ideológica, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e formação de quadrilha ou bando.

O adolescente 16 anos responderá ato infracional análogo aos mesmos crimes, exceto corrupção de menores.

Os suspeitos foram localizados em no hotel, localizada no centro da cidade, após informações sobre dois rapazes que estariam na região com intuito de cometerem assaltos na cidade. Segundo as denúncias, eles estavam armados e circulavam em uma motocicleta roubada em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá.

Eles foram surpreendidos em um dos quartos do hotel, com um revólver calibre 38 com cinco munições intactas e uma deflagrada e uma pistola calibre 9 milímetros.

Devail mentiu dizendo que se chamava Mauro, na tentativa de ocultar sua verdadeira identidade, mas acabou confessando que tinha furtado a motocicleta havia 15 dias.

Eles foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Sapezal, onde foram interrogados pelo delegado Valmon Pereira da Silva, e autuados em flagrante delito e ato infracional, respectivamente.

Também foi dado cumprimento ao mandado de prisão contra Devail. As diligências continuam com objetivo de identificar e prender outros integrantes. 

Fonte: G1 Mato Grosso

Nenhum comentário