Não me arrependo, e faria tudo de novo, diz suspeito de matar desafeto na Vila Esmeralda

Eduardo Ferreira de Lima de 18 anos de idade, disse que não se arrepende em nenhum momento de cometer o crime.

O crime aconteceu nas proximidades da praça da Vila Esmeralda, e de acordo com o suspeito foi motivado por uma discussão e ameaça.

A intriga começou num bar, com uma discussão até chegar as vias de fato, onde o suspeito teria levado um soco no rosto.

Depois disso Eduardo foi para casa onde mora com a avó, onde pegou uma faca e foi de encontro a vitima.


Dudu como é mais conhecido, foi preso ontem a noite no assentamento Antonio Conselheiro, após matar com três facadas, Otávio Aparecido Carneiro de 41 anos de idade.

Segundo o Sargento Bruno que comandou a guarnição, o jovem foi surpreendido pelos policiais e não reagiu e a prisão.
Ainda de acordo com  os policiais,  eles estava escondido num casebre.

O investigador Lazaro Ribeiro, que conversou com o suspeito, disse que trata-se de uma pessoa fria, não se arrepende e disse que faria tudo de novo, ainda segundo o investigador quando menor Dudu teve várias passagens.



Nenhum comentário