Mulher pede água, entra na casa de idosos e furta cartão e senha

Sandra Aparecida da Silva Goterra, 29 anos, foi detida pela Polícia Judiciária Civil, na tarde da última terça-feira, depois de se valer da simplicidade da dona de casa Hildete Glória, 60 anos de idade, moradora do bairro Jardim São Marcos, em Tangará da Serra.

Ela pediu água a idosa, foi ao banheiro, almoçou e permaneceu por algumas horas na casa de Dona Hildete. Assim que teve oportunidade, em momento de distração da idosa, a gatuna acessou a carteira de Amadeu Lopes, 64 anos de idade, que estava sobre a mesa. Nela continha o cartão de sua conta poupança na Caixa Econômica Federal e um papelzinho com o número da senha.

De posse do cartão e senha, Sandra, com uma criança de aproximadamente dois anos de idade a tiracolo, foi a CEF e fez um saque de R$ 300,00. Amadeu recebeu em seu celular o aviso do saque. Imediatamente deixou seu trabalho de jardineiro, no bairro Alto Alegre, e foi em casa para saber o que tinha acontecido com sua conta bancária.

Ao perceber a falta do cartão, o idoso correu para o CISC e informou o ocorrido. Um filho do idoso avistou uma mulher com as características descritas pela Senhora Hildete. Uma equipe da Polícia Civil fez a detenção de Sandra.

Na Delegacia, depois de consultar o CIOSP, veio a informação de que a espertalhona tinha mandado de prisão em aberto contra si expedido, em 2014, pela justiça de Guarajá Mirim, Rondônia. Sandra deve responder pelo furto praticado em Tangará da Serra e ser recambiada para Rondônia para acertar sua dívida com a justiça daquele unidade da federação. 

Fonte: A Bronca Popular





















Nenhum comentário