Polícia aguarda laudo para abrir inquérito sobre morte de médico


A Polícia Civil vai instaurar um inquérito para investigar a morte do médico Luiz Carlos Alvarenga Junior, que foi atropelado por uma lancha no Lago de Manso, em Chapada dos Guimarães, neste final de semana.

De acordo com a assessoria de imprensa, a Polícia Civil aguarda apenas o laudo de necropsia, que irá identificar a causa da morte, para então dar sequência na investigação.

Segundo informações de testemunhas, e divulgadas pela Polícia Civil, a vítima estava pilotando uma moto aquática, com um amigo na garupa. Eles estavam entre duas lanchas, voltando da Ilha Bora Bora, seguindo para uma marina.

Ambos caíram e o médico foi atingido pela lancha que vinha logo atrás. A embarcação era conduzida por um amigo da vítima.

O caso ficará a cargo do delegado Sued Dias da Silva, que atua em Chapada dos Guimarães.

Uma das dúvidas que a Polícia Civil vai esclarecer é se o médico estava usando colete salva-vidas. 

O corpo foi encontrado por volta de 1h de domingo (8), por amigos que iniciaram as buscas logo após o acidente.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas não chegou a participar das buscas porque o corpo foi encontrado antes da chegada da viatura ao local.

O médico, que tinha 39 anos, atuava como cirurgião geral e gastroenterologista em hospitais de Cuiabá.

Midia News

Nenhum comentário