Em áudio, Sargento dos Bombeiros desafia alunos denunciar torturas

Um áudio encaminhado ao Muvuca Popular, revela o tratamento dado por um Sargento instrutor do curso de Bombeiros Militar de Mato Grosso, aos alunos que estavam em contenção na escola Machado, em Cuiabá.
O episódio aconteceu em meados de outubro às 2h da madrugada, quando o sargento M. (o nome será preservado), chegou aparentemente bêbado e começou desmoralizar os alunos, segundo relato, antes eles foram acordados com água fria.
O sargento desafia os alunos a entrarem na justiça ou no Ministério Público para denunciar as torturas que estavam sofrendo, e diz palavrões de todo tipo (Veja a transcrição abaixo e o áudio).
“Ninguém tem medo de processo, é tortura, é num sei o quê. Pra ser bombeiro todos passam por isso. Quem quiser processar, processa!”, diz o Sargento.
“Ninguém tem medo da justiça aqui não meu bem”, desafia o sargento, dizendo que quem entrou agora não tem moral para processar”.

Veja a transcrição na íntegra:

“Ai, porque eu vou no Ministério Público, porque eu vou num sei o que, porque eu vou na justiça, porque num sei o que, o cu da mãe o pau dentro do pai. Foda-se velho. Entra velho, entra na justiça, quem quiser entrar na justiça entra, ninguém tem medo de justiça aqui não meu bem. Processa. Ninguém tem medo disso não véi. Quem tá aqui na contenção, todos nós que está na contenção desde o cabo mais moderno até o coronel ninguém tem medo de processo na justiça aqui não véio. Ninguém tem medo de processo na justiça. (...inaudível...) Você que entrou ontem não tem moral nenhuma pra processar quem está aqui. Processa. Ai tortura, é num sei o que, é num sei o que. Velho, pega o seu caminho e passa no concurso véio. Pra ser bombeiro todos passam por isso. Quem quer processar processa, ninguém tem medo de processo."

áudio na Integra no  muvucapopular.com.br 

Nenhum comentário