Mais uma mulher pode ter sido estuprada por motoqueiro na região da Vila Esmeralda.

Ilustração
O caso que ainda não é de conhecimento da policia teria sido registrado na noite desta Quinta Feira(09), por volta das 21 horas na região da vila Esmeralda.
A mulher que trabalha num restaurante, está com medo de registar queixa, segundo ela o suspeito teria feito ameças de morte.
Tudo teria acontecido quando a mesma foi abordada por um elemento, que obrigou a mesma a montar numa moto.
Segundo a fonte a vitima estava chorando muito e com fortes dores na bexiga.
Orientada a mulher chegou a tomar uma pilula do dia seguinte, já que não lembra, se o suspeito usou preservativo ou não durante a relação sexual.
Caso seja confirmado o estupro, passa para dois o número de mulheres violentadas num período  de dez dias.
No outro caso a mulher também teria sido abordada por um motoqueiro, nas proximidades da praça dos Pioneiros e levada para um matagal nas imediações do hospital municipal, onde foi estuprada e abandonada pelo criminoso.











Nenhum comentário